Blog

E-mail corporativo
8 de fevereiro de 2021 0 Categories Novidades

Conheça os principais tipos de ataques ao seu e-mail e como se proteger

Confira os principais tipos de ataques cibernéticos e algumas dicas para proteger o seu e-mail e evitar vazamento de dados

E-mail corporativo
O e-mail corporativo é uma das principais ferramentas de trabalho

O e-mail corporativo é uma das principais formas de comunicação dentro da empresa, seja entre funcionários, com fornecedores e até clientes. Se esse tipo de ferramenta facilita o dia a dia dentro de qualquer organização, ele também é um dos pontos mais vulneráveis quando falamos de segurança cibernética e risco de vazamento de dados.

De acordo com um estudo da McAfee Labs, 97% das pessoas não conseguem identificar um e-mail phishing, o tipo de ataque cibernético mais comum. Pensa em como é simples um funcionário se descuidar, clicar em um link malicioso e acabar vazando dados sigilosos. 

Vale lembrar que depois da promulgação da LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) no Brasil, a proteção de informações é de total responsabilidade da empresa, sendo passível de punições se ocorrer algum vazamento.

Principais tipos de ataque ao e-mail corporativo

Para aprender como proteger o seu e-mail corporativo, primeiro precisamos conhecer os principais tipos de ataques que podem desprotegê-lo. 

1. Phishing

Como mencionamos acima, o ataque phishing é o crime cibernético mais comum em e-mails corporativos. Para entender melhor o que é esta ameaça, vamos explicar primeiro de onde surgiu este nome. Neste tipo de ataque, o hacker tenta “pescar” (em inglês, fishing) o usuário com uma isca atraente. O ph em phishing vem de “phreaks”, entusiastas que faziam experimentos com os meios de comunicação para descobrir como eles funcionavam. 

E como acontece este tipo de ataque? O criminoso envia uma mensagem persuasiva por e-mail com o objetivo de fazer com que o usuário clique no link, baixe um anexo, envie informações ou até mesmo conclua algum pagamento. 

Saiba mais: O que é phishing?

2. Ransomware

Conhecido também como “sequestro de dados”, este tipo de ataque costuma bloquear o acesso do usuário aos seus arquivos. A liberação do material só acontece após o pagamento de uma quantia em dinheiro determinada pelo criminoso. 

Foi o que aconteceu com o sistema do Superior Tribunal de Justiça (STJ) em novembro de 2020. Um ataque de ransomware foi responsável por bloquear o acesso a todos os documentos do tribunal e paralisando todas as suas atividades por quase uma semana. 

3. Cavalo de troia

Sendo um dos ataques mais populares na internet, é praticamente impossível que você nunca tenha ouvido falar do cavalo de troia. Para que esse vírus consiga se infiltrar no dispositivo, o usuário precisa autorizá-lo por meio de algum anexo de e-mail de um remetente suspeito ou desconhecido, ou então, de um download que contém o malware camuflado. 

Um ataque cavalo de troia costuma ter como objetivo roubar informações pessoais dos usuários, mas ele pode ter alguma outra meta, como interromper o funcionamento do dispositivo/e-mail. 

4. Spoofing

No spoofing, os criminosos falsificam endereços de IP, de DNS e de e-mails. Com isso, eles conseguem simular uma fonte de IP confiável, editar o cabeçalho de um e-mail e fazer com que ele se pareça legítimo, além de mudar o DNS para redirecionar o domínio para outro endereço IP. Assim como nas outras ameaças, o principal objetivo do spoofing é roubar dados sigilosos de empresas e pessoas. 

Conhecer os principais tipos de ataque é um dos primeiros passos para aumentar a segurança do e-mail corporativo

Como aumentar a segurança do seu e-mail corporativo?

Estamos propensos a sofrer diversos tipos de ataques, não é mesmo? Pensando em maneiras de se proteger, separamos 5 dicas para aumentar a segurança do seu e-mail corporativo e evitar ataques cibernéticos e insegurança dos dados. 

1. Invista em filtros e antispam

Praticamente todos os e-mails já vêm com um filtro do que é mensagem importante e o que é spam. Mesmo assim, é fundamental que as empresas invistam no AntiSpam. Este tipo de software faz uma análise constante das mensagens recebidas e é capaz de detectar muito mais facilmente um e-mail suspeito.

2. Atenção aos documentos em anexo

Você sabia que os hackers costumam enviar e-mail com anexos maliciosos? Estes arquivos podem vir nas mais diferentes formas para lhe convencer a clicar ou baixar o material. Os mais comuns são: extrato bancário, atualização de programas e cobranças. 

Sendo assim, tenha atenção redobrada com os e-mails que contém anexos ou links externos para serem clicados. Abra apenas arquivos de fontes confiáveis e, na dúvida, solicite uma varredura do seu programa antispam

3. Oriente os funcionários

As soluções tecnológicas são importantes para a segurança do seu e-mail corporativo. Contudo, o fator humano também é fundamental para garantir essa proteção. Do que adianta utilizar soluções de segurança, se as pessoas que utilizam o e-mail são descuidadas?

Sendo assim, invista em treinamento de segurança e crie uma política de uso do e-mail com normas e direcionamentos do que fazer se encontrar uma ameaça. 

4. Crie uma política de senha complexa

Sempre que falamos de dicas para proteção de dispositivos e e-mails, reforçamos a importância de uma política de senha complexa. E por que essa é uma dica importante? Uma senha forte é uma segurança a mais de ataque de hackers, que podem aproveitar dessa vulnerabilidade para acessar e-mails, dados sigilosos e disseminar o vírus por meio de mensagens fraudulentas.

Boa parte das empresas já investem em uma política de senha complexa, exigindo do funcionário que a sua palavra-chave tenha letras maiúsculas, minúsculas, números e caracteres especiais. Também recomendamos evitar o uso de datas de aniversário, nome próprio ou senhas curtas, pois estas podem ser hackeadas mais facilmente pelos criminosos. 

Política de senhas fortes e verificação em duas etapas são medidas simples para aumentar a proteção

5. Verificação em duas etapas

Outra forma de aumentar a segurança do e-mail corporativo é com a verificação em duas etapas na hora de fazer login. Ao entrar na conta, além de informar o nome do usuário e senha, é preciso validar outras informações adicionais, como códigos enviados por SMS, ligações ou até mesmo notificações no smartphone cadastrado. 

A verificação em duas etapas é mais um nível de proteção para impedir ataques malware e ransomware

6. Faça sempre um backup de dados

Um dos maiores medos de qualquer empresa é perder suas informações essenciais, seja por meio de ataques cibernéticos ou até mesmo um erro no servidor. Por isso, não deixe de ter um backup dos seus dados para garantir a sua integridade em caso de ataques com vírus, erro humano ou outras ocasionalidades. 

Atualmente, existem opções de backup que vão além de um servidor físico, salvando os arquivos automaticamente na nuvem. Busque por essas soluções para automatizar o seu dia a dia e garantir ainda mais proteção aos dados.

Investir em soluções de segurança é a principal forma de proteger o seu negócio. Além de um e-mail corporativo que conta com o mais completo pacote de recursos, a nossa solução, E-mail Security, também assegura a proteção do seu e-mail e de seus funcionários. Confira os nossos planos e garanta a segurança da sua empresa.